Solopreneur, o empreendedor que é a empresa toda

Solopreneur, o empreendedor que é a empresa toda

Muitas pessoas sonham em poder conduzir sua carreira através de seu próprio negócio. Quando uma única pessoa decide criar uma “empresa”, criar as estratégias e fazer o gerenciamento sozinha, é chamada de solopreneur.

Abrir uma empresa, por menor que ela seja, é um desafio pois exige disciplina, dedicação e toda as tarefas fica por conta dessa única pessoa. Mas quem já fez essa escolha, relata se sentir mais satisfeito trabalhando sozinho do que em grandes empresas. Além disso, se sentem tão seguros quanto em um trabalho com carteira registrada.

Este pequeno empreendedor tem total liberdade para tomar decisões, criar um planejamento com sua identidade e trabalhar com o que ama e no que acredita.

O soloprenour encontrará alguns desafios pela frente, mas tudo é questão de organização e adaptação. Veja abaixo algumas dicas para que seu trabalho flua e tenha melhores resultados.

Como administrar seu tempo e tarefas

A flexibilidade é inquestionável quando se trata do seu próprio negócio, porém no início das atividades é bem capaz que seu expediente ultrapasse as tão conhecidas 8 horas de trabalho diárias. A dedicação deve ser grande pois todas as tarefas estão concentradas em uma única pessoa.

Tente ser o mais produtivo possível. Crie uma agenda com sua rotina, faça um cronograma com as atividades que deverão ser realizadas ao longo do dia, o tempo médio de execução de cada uma e defina as prioridades.

Organização é a palavra chave nesse momento. As atividades devem ser cumpridas e disciplina é a única forma de garantir que tudo será realizado no prazo.

Você pode se organizar através de anotações em um bloco de notas, atividades em uma planilha de Excel ou mesmo utilizando alguns softwares para gestão de negócios.

Uma das ferramentas gratuitas e intuitivas que sempre indico é o Trello. Essas soluções são ótimas para a rotina corporativa.

Se quiser se aprofundar mais sobre esse tema indico dois livros: Get Things Done por David Allen e Indistractable por Nir Eyal

Como entender sobre diferentes áreas e assuntos da empresa

Quando se abre um negócio, é normal as pessoas quererem se especializar em determinada área, mas se você é um solopreneur, precisará aprender sobre diversos assuntos para alavancar seu negócio.

Você deverá se dividir em áreas como Vendas, financeiro, marketing e produto, nessas horas conhecimento nunca é demais. É necessário ter uma visão ampla do negócio, entender a importância e os desafios de cada setor e como lidar com eles.

Vender todo dia, controlar entradas e saídas, atrair novos leads e desenvolver e aprimorar seu produto/serviço na minha opinião são os pilares mas isso não quer dizer que você não deva se atualizar e entender um pouco melhor sobre outras áreas da administração.

Ganhar conhecimento é essencial para otimizar resultados e crescer mais rapidamente.

Como tomar as decisões corretas

Muitas vezes sentimos a necessidade de partilhar uma situação com outra pessoa para ter uma segunda opinião sobre uma decisão importante, seja na vida pessoal ou profissional. Isso nos da uma sensação de direcionamento, em especial quando o assunto é novo.

Como falei anteriormente, há muita coisa nova paras se aprender, o que pode gerar uma certa insegurança. Tente sempre buscar opiniões de pessoas experientes e que já passaram por alguma situação parecida ou alguém que já está aonde você quer chegar.

Se você não encontrar um mentor para tomar um café ou para um papo presencial eleja alguém que já atingiu sucesso na sua área e devore tudo que encontrar sobre essa pessoa no Google, Livros, cursos ou o Youtube.

Use essas ferramentas ao seu favor, mas lembre-se quem pensa demais nunca faz nada, entre fazer cursos e ou meter a massa sempre opte por fazer algo!

Como conquistar os primeiros clientes

Do pequeno ao grande empreendedor, conquistar os primeiros clientes é um desafio. Para isso você precisa saber qual o perfil de quem comprará seu produto ou serviço. Gênero, idade, classe social são algumas das informações importantes, mas você precisará saber mais sobre seu potencial cliente, quais são seus anseios, o que gostam de fazer, hábitos de compras, em quais mídias sociais estão, etc.

É necessário definir a persona. Com esse perfil definido, ficará muito mais fácil falar com a pessoa certa, no lugar certo, na hora certa.

Produzir conteúdo relevante para seu público e saber um pouco de estratégias e mensuração de resultados de marketing digital, farão com que você ganhe relevância, conquiste seus clientes e evangelize muitos deles, de modo a sempre comprarem com você.

Como escolher prioridades e planejar

Com o desenvolvimento da empresa, todas as áreas precisarão de atenção e é necessário saber o momento de priorizar. Terceirize tudo aquilo que não é essencial para o business.

Existem milhares de sites onde você pode encontrar “freelancers” para terceirizar aquilo que não é o core da empresas (fivver, upwork, Workana entre outros), assistentes virtuais podem salvar MUITO tempo que você poderia destinar para vendas.

Recomendo fortemente a leitura do livro 4-hour work week para desenvolver um mindset campeão para trabalhar como Solopreneur.

Não perca o foco. Para isso é importante que seja definido quais são os objetivos a pequeno, médio e longo prazo.

Com os objetivos em mente, a produção estará voltada para o desenvolvimento da empresa. Uma outra dica bacana é o estabelecimento de metas que devem ser cumpridas em horizontes menores de tempo como por exemplo 3 meses.

Disciplina é essencial

No seu negócio manda você e você é o único responsável por sua automotivação.

Não deixe o estresse tomar conta, encare o trabalho com otimismo, tenha em mente que até as situações mais complexas podem ser resolvidas, criar uma rotina facilita muito e faz com que você não conte apenas com a motivação.

Acredite, nossa força de vontade sempre falha quando estamos sozinhos.

Lembre-se: as dificuldades existem tanto para o solopreneur quanto para grandes empresas. Foque no que irá te render bons resultados: aumento da produtividade, busca de conhecimentos sobre novos assuntos e não se esqueça dos seus objetivos e da escolha em ter seu próprio negócio!

Deixe um comentário